Curso de Tecnologia em Segurança Pública

 Sobre o curso:


O curso de SEGURANÇA PÚBLICA da Poliensino tem como missão:

“qualificar o discente para atuar no setor de segurança pública com ética, transparência e responsabilidade sócio-ambiental, fundamentado nos princípios da cidadania, dos direitos humanos e da cultura da paz.”

O curso deverá estabelecer ações pedagógicas com base no desenvolvimento de condutas e de atitudes com responsabilidade técnica e social, tendo como princípios:

  1. a) o respeito à fauna e à flora;
  2. b) a conservação e recuperação da qualidade do solo, do ar e da água;
  3. c) o uso tecnológico racional, integrado e sustentável do ambiente;
  4. d) o emprego de raciocínio reflexivo, crítico e criativo; e

e) o atendimento às expectativas humanas e sociais no exercício das atividades profissionais.

Objetivos do curso

O Projeto Pedagógico, sempre em consonância com as Diretrizes Curriculares Nacionais (DCNs), define objetivos geral e específicos, visando propiciar o processo de tomada de decisão e definição de estratégias que contribuam para alcançar os resultados. Os objetivos do curso estão definidos e explicitam os compromissos institucionais em relação ao ensino, a pesquisa e ao perfil do egresso. O presente projeto, proposto pela POLIENSINO, tem por objetivo delinear os aspectos pedagógicos que norteiam a estruturação do curso de SEGURANÇA PÚBLICA, a fim de atender educandos que queiram habilitar-se nesse campo do saber.

 

Objetivo Geral

 

O CST em Segurança Pública visa a formação de um profissional comprometido com o Estado Democrático de Direito, cuja atuação seja pautada pela ética, pelos direitos humanos e pela cultura de paz, por meio do desenvolvimento das competências, habilidades e atitudes necessárias ao exercício da carreira do tecnólogo em segurança pública.


Objetivos Específicos

O CST em Segurança Pública tem como objetivos específicos:

  1. Formar profissionais para atuar na segurança pública, a partir da ótica dos

Direitos Humanos e participação cidadã, com vistas ao aperfeiçoamento dos instrumentos de ação, ao incremento da qualidade dos serviços públicos, à administração eficiente, eficaz e efetiva dos recursos públicos e ao desenvolvimento das competências de reflexão e ação coerentes com os princípios do Estado Democrático de Direito.

  1. Construir e desenvolver projetos de estudo, pesquisa e extensão voltados à construção/disseminação do conhecimento e desenvolvimento da autonomia, de modo a inserir estudantes e professores na experiência da cidadania e enriquecer as práticas didático-pedagógicas.
  2. Trabalhar as ações curriculares como projetos capazes de integração socioeducativa multi, inter e transdisciplinarmente e capazes de convergência e integração de materiais impressos, radiofônicos, televisivos, de informática e outros pertinentes. Do mesmo modo, projetar essa visão convergente para as experiências da segurança pública, de modo a aproximar métodos e processos integradores à própria condição cidadã e ao espírito republicano.
  3. Estabelecer um currículo de estudos, compartilhamento discente-docente e práticas comunitárias em comunidades de aprendizagem capazes de diagnosticar as atividades de segurança pública existentes e apreciá-las pelos ângulos do local, do regional, do nacional e das relações internacionais, propiciando visão ampliada dos problemas humanos e sociais e amplitude na descoberta de possibilidades de encaminhamento e solução.
  4. Proporcionar o uso de metodologias, técnicas e conhecimentos na solução de problemas nas mais diversas áreas da segurança pública.

cristofer

O profissional pode atuar tanto na administração quanto no efetivo de equipes de segurança. No setor privado, realiza atividades como controlar o fluxo de pessoas em prédios e condomínios, vigiar residências e estabelecimentos comerciais, fornecer escolta armada em viagens.
Em grandes eventos culturais e esportivos, forças de segurança do poder público e de empresas privadas podem atuar. No setor público, poderá se integrar às polícias ou desenvolver e implementar políticas de segurança pública.

Disciplina
Introdução à Segurança Pública
Fundamentos da Administração
Comunicação e Expressão
Direito
Metodologia da Pesquisa Científica
Economia Aplicada
Psicologia e Relações Humanas
Informática Aplicada
Disciplina
Gestão de Pessoas em Segurança Pública
Sistema Penal no Brasil
Teorias e Modelos de Policiamento
Projeto Integrador I
Ética nos Serviços Públicos
Tecnologias em Segurança Pública
Sociologia do Crime e da Violência
Disciplina
Crime Organizado e Lavagem de Dinheiro
Criminologia Aplicada
Estatística Aplicada à Segurança Pública
Polícia Comunitária
Políticas Públicas e Cidadania no Brasil
Primeiros Socorros
Disciplina
Investigação Criminal
Negociação e Planejamento Operacional
Optativa I
Projeto Integrador II
Gestão de Crises em Segurança Pública
Liderança e Desenvolvimento de Equipes
Estágio Supervisionado I
Disciplina
Gestão de Projetos
Mecanismos Nacionais de Controle da Criminalidade
Optativa II
Inteligência em Segurança Pública
Estágio Supervisionado II
Disciplina
Empreendedorismo
Gestão da Tecnologia e Inovação
Libras – Linguagem Brasileira de Sinais
Administração de Conflitos
Educação e Legislação ambiental
Inglês Instrumental
Relações Públicas
Métodos Quantitativos
Portaria de Credenciamento
 
@FACULDADE POLIENSINO - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS